Dicas
por-que-voce-nao-pergunta-ao-medico-clinica-harmonia

Medo de questionar seu médico?

5 fevereiro 2019

Você já aprendeu a calcular as calorias de cada produto que colocou no carrinho do supermercado, a usar o smartphone e até mesmo aprendeu como realizar reparos no seu carro. Mas ainda não tem a menor noção do conteúdo da seringa do seu médico, certo? Afinal, “se o médico disse, ele sabe o que é melhor pra mim, e pelo preço que estou pagando, esse produto tem que ser o melhor do mercado”!

Esse é o pensamento da grande maioria das pessoas que realizam um procedimento estético. É também o discurso de quem realiza determinado procedimento apenas uma vez e depois sai bradando aos quatro ventos que gastou uma fortuna e não viu nenhum resultado.

Tire suas dúvidas antes do tratamento


A falta de informação antes da realização de qualquer procedimento estético é um dos principais motivos da decepção. O médico não informa, o paciente não pergunta e o que fica é apenas uma vaga noção sobre o que foi realizado. Afinal, se o médico disse que vai deixar o paciente lindo, não há mais espaço para dúvidas ou questionamentos. Ou seja, o paciente ouviu o que queria e não o que precisava, e o resultado disso é uma tremenda insatisfação.

Antes de realizar qualquer procedimento estético, por mais simples que seja, o paciente tem o direito de sanar todas as suas dúvidas; assim como o médico tem o dever de prestar todas as informações. Não existe “pergunta estúpida”, portanto você não pode ter vergonha de perguntar tudo – exatamente tudo – que não estiver claro ou que gere inseguranças. Assim como o médico precisa sanar todas as dúvidas básicas sobre o procedimento e sobre os produtos que serão utilizados, mesmo que o paciente não pergunte.

O bom profissional


O bom profissional é o que abre as embalagens dos produtos e dos materiais na frente dos pacientes, que tem os equipamentos registrados nos órgãos competentes, que explica a diferença de resultados entre um laser e uma luz pulsada e que é ético ao aplicar e realizar as técnicas que serão posteriormente cobradas. Afinal, assim como qualquer outro produto, existem padrões de qualidade para os da linha da estética também. Nem toda toxina botulínica é igual, nem todos os equipamentos são certificados e nem todo médico usa as técnicas adequadas para um resultado perfeito. O paciente deve desconfiar sempre de serviços extremamente baratos e de promessas milagrosas. Um procedimento estético bem-sucedido é o resultado da segurança e da informação do paciente e do conhecimento, dos produtos e das técnicas que o médico irá utilizar (além de um ambiente adequado e de profissionais aptos a prestarem qualquer atendimento).

Informação como prevenção


A informação é a melhor prevenção para quem não quer tratar as consequências desastrosas de uma dúvida não esclarecida. As pessoas só devem realizar procedimentos estéticos quando estiverem plenamente seguras com todas as questões que essa mudança envolve.

Preserve acima de tudo a sua saúde, o seu bem-estar e a sua beleza natural. Não faça a pergunta somente ao espelho, pergunte ao seu médico.

Lembre-se: “A beleza é a harmonia entre o conteúdo e a forma.”

Palavras-Chave:

Categorias

Topo
clinica harmonia laser e estética